All Star: hoje eu vou assim

agosto 17, 2008 § 3 Comentários



Aproveitando os 100 anos do All Star nos pés de muita gente, lá vai:

## Um tênis que passou por tantas gerações e persiste tem que ser pensado… já ultrapassa o quesito moda/tendência. é um fenômeno (que já foi muito estudado). Há um livro só sobre o assunto(Chucks: o fenômenos do Converse Chuck Taylor All Starsaqui) e várias pesquisas por aí. na Unifra, teve uma monografia do agora publicitário Henrique Ibaldo, da qual fui banca, inclusive. Vale a leitura!

## no início do mês, os repórteres do Diário de Santa Maria (tão atenciosos) me ligaram pra que eu falasse exatamente sobre os motivos que fazem com que tanta gente use All Star. depois de quase 20 min (por telefone), eis que o Homero Pivotto Jr edita (entre várias coisas que eu falei) a declaração abaixo, que está no início desta matéria aqui, com vários cases interessantes, publicada no dia 09 de agosto:
Hoje é legal ser jovem. Por isso, é cool usar tênis, andar nessa vibe. É prático e mostra um pouco do estilo da pessoas. No caso do All Star, é um tênis democrático, que tem para todos os gostos. É uma mistura de moderno com o clássico. Ele dá um toque informal e despojado no visual afirma Daniela Hinerasky, jornalista e professora da disciplina de tendências e novas mídias na pós-graduação em Comunicação do Centro Universitário Franciscano (Unifra).

## Bom, precisa ficar claro que não é um motivo, são vários os motivos que fazem este calçado cair nas graças do consumidor.
## Segundo, a minha declaração que, de um lado parece resumir minha fala a muitas gírias (3 em 2 frases – ainda que eu use gírias no dia-a-dia!!!), acabou ficando com mais de uma idéia… e me pareceu esclarecer pouco…
Porque o que explica os usos da moda são dois processos que se interagem: o da dinâmica da sociedade e o das identidades, onde entra a moda/estilo.
## Na verdade, quis explicar um movimento que se percebe hj em dia (e que não é invenção minha, que fique claro) de que as pessoas preferem se parecer aos jovens, quer dizer, querem se aproximar aos estilos deles (porque na real, são várias as tribos).
# Dentro de um raciocínio, a vida para o consumo (e aí não somente dos All Star) estaria, sim, ligada a um movimento da própria sociedade, de valorização dos jovens (especialmente de 18-24 anos) e sua cultura (hiper)consumista.
As próprias tendências (e suas pesquisas) se voltam mais a este nicho – é só observar as músicas, as roupas e aqui os tênis tb, a oferta editorial etc).

– outras questões pontuais ligadas aos usos do All Star:

## são baratos (pelo menos os modelos clássicos e nacionais) e tem ainda diversos tipos de modelos, cores e materiais (só pra dar dois exemplos: minhas afilhadas fofas tem os seus cor-de rosa com coraçõezinhos e meus alunos que só se identificam com estilo rocker e que adotaram definitivamente o calçado, também). agrada todo mundo e atualiza o visual, é um tênis democrático.
## os All Star também consagram estilos particulares quer sejam informal e/ou despojado, ‘moderno/na moda’, urbano, rocker, até clássico (a diversidade de modelos que permite isso).
## a meu ver, fazem parte de um movimento de identificação, aspiração e projeção a tribos urbanas e determinados ícones que são referência porque já usaram e usam os pares. Ramones, Stones, dezenas de bandas e artistas de hoje – de Kate Moss a Carolina Ferraz e até José Wilker (que mixa terno e tênis) com certeza são inspiração para algumas pessoas que usam.

## obviamente que não é apenas isso e há outros aspectos, como destaquei.
envolve uma discussão complexa da sociedade de consumo, das tendências, das tribos “pós-modernas”… (fatores sociológicos, psicológicos e as próprios questões mercadológicas/econômicas) mas que estão aí traduzindo os usos que fazemos.

## nisso, é importante dizer que os All Star tradicionais – de lona – não são dos mais confortáveis. Pelo menos é a minha opinião. e olha que foram tênis de basquete (Chuck Taylor).
eu tenho (dois pares) e não compro sempre, porque invisto em tênis mais confortáveis. não consigo usar o dia inteiro, apesar de adorar (olha eu na fotinho à esquerda, de vestido).
justamente por isso, penso que eles exercem, em muito, um papel na construção da imagem e do estilo das pessoas (não tanto pelo conforto, como muitos defendem).

## pra distrair e não esquecer a importância da escolha das roupas, a dica do blog “Hoje vou assim“, ‘duma publicitária mineira supercriativa, inteligente e bem-vestida (é dela a foto com o All Star, acima) – dezenas de pessoas comentam diariamente os posts dos looks dela. vale a pena ver:
http://hojevouassim.blogspot.com

## indico pra todo mundo, especialmente porque endosso quando ela diz:
JÁ PENSOU?

“… que você é sua própria estilista? Que ao acordar você se prepara para um desfile diário, voluntário ou não, e ao se vestir faz suas escolhas? Já parou pra pensar que, assim como o estilista elege cores, formas, texturas, estampas, você seleciona as suas entre o que está disponível por aí? Que, como os estilistas, você também é influenciada pelo mundo que está à sua volta e pelo seu próprio humor, pelas alegrias e tristezas, dias de tédio ou paixão? Que ao fazer uma simples combinação de cores, texturas, estilos, você está mostrando a sua forma de ver a vida? Já parou pra pensar que a moda pode ser futilidade quando dela somos escravos, mas pode ser arte quando a usamos como forma de expressão? Que a escolha de uma roupa para vestir não precisa se pautar por ela ser ou não tendência, mas por combinar ou não com você? Já parou pra pensar em novas combinações para velhas peças? Já parou pra pensar que tem dias que a gente é criativo e, em outros, alguém já foi criativo por nós, e isso facilita? E que nessas horas você veste a sua admiração por um artista? Já parou pra pensar que o seu guarda-roupas é a sua coleção? Que a moda pode ter tanta inspiração quanto um quadro, uma escultura, uma música, um filme? Que a moda pode ser arte andando por aí? Já parou pra pensar nisso? Eu já.”

Eu também!!!
E isso tem tudo a ver a com a escolha do All Star…
Até o Fórum de Comunicação, tchau!

Anúncios

Marcado:, ,

§ 3 Respostas para All Star: hoje eu vou assim

  • Anonymous disse:

    Muito bom!!! Teu texto é sensacional!!
    Não faço o estilo esporte ou descolado e muito menos usaria os rosas com coraçõezinhos…mas também tenho o meu!
    Sucesso!

  • Tudo disse:

    Oiiiiii,
    Vim só te apresentar esse blog que acho que vão vai adorar…
    São fofurinhas o que fazem…

    http://tdpersonalizado.blogspot.com

    Combina com esse blog!
    bjs

  • Uma Elisa disse:

    Oii Dani, comentando, um tanto atrasada, mas tudo bem :)
    O que mais me agrada no all star é a simplicidade e a versatilidade: de calça jeans a vestido
    de onça, ele fica bem com tudo.
    O conforto de fato deixa a desejar, mas quem disse que a gente se importa tanto com conforto na hora de
    se vestir/calçar. Muitas vezes o visual compensa o conforto.
    Outro ponto que me faz ser 100% adepta do allstar é o caráter democratico do tênis,todos têm ou podem ter, pelo menos os modelos
    tradicionais como tu disse.
    É bonito, é barato, é democrático -ngm ostenta de all star por aí.
    Em suma.. não tiro o meu jamais, como tu bem sabes :)

    Besoss :***

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento All Star: hoje eu vou assim no Retalhos.

Meta

%d blogueiros gostam disto: