tatuagem?

agosto 20, 2009 § 8 Comentários

Por que eu não tenho uma tatuagem?
Quantas vezes já me perguntaram e quantas vezes já me fiz essa pergunta…
Aí li um post da GaranceDoré, que tem a MESMA opinião que eu a respeito.
Não é que eu não ache bonito. Pelo contrário. Gosto muito e sempre admirei pessoas com tatuagens. Me atrai pela contradição própria de ser eterna/forte e inconsequente e despropositada ao mesmo tempo. Tem uma aura de romantismo por tudo isso, né?

Acho estas das fotos (a primeira é da Carola, minha orientanda da Pós, linda linda) – e deste tipo aí, no braço, costas e tal – bonitas de verdade, um tesão. Comunicam uma atitude, uma inconsequência e um não sei-o-quê que não me é inerente.
Não beira a cafonice na sutileza. Talvez longe disso. O contraste e a atitude hoje são sexy.
E agora que elas são jovens, acho sucesso (porém prefiro não imaginar meu colo – ou os braços – enrugados, caídos e marcados).

3513319442_2679dc7a07_o3072276324_e4dc632352

Já tive o impulso de (quase) fazer tatuagem algumas vezes. A primeira vez foi aos 22 anos, quando mudei de ideia, e optei por um piercing no umbigo. Antes disso, apesar da minha rebeldia juvenil, sempre me senti tatuada pelas cicatrizes que carrego, em função das cirurgias ortopédicas resultantes de problema congênito. Então me conformo com “tatuagens brancas” nas pernas.

Todo mundo já quis ou pensou em fazer, né?
A vontade da tatuagem vem, assim, em “ondas” pra mim.
Mas como bem comparou Garance Doré, tatuagens são como jóias. Por isso devem passar no teste de “pense antes um ano”. Uma coisa que é pra ficar durante toda vida, tem que ser bem escolhida.

Por isso talvez fui muito feliz por ter pensado bem antes, senão hoje já teria gravado no corpo: uma joaninha (24 anos), uma rosa no tornozelo (25 anos), meu sobrenome na nuca ou na parte interna do punho (com 27) e galhinhos redobrados nos meus pés horrorosos (com 28 ). Uia!
É por isso, também, que talvez vou continuar só pensando…
Ou deveria fazer djá?

Eu ia preferir alguma bem mais clean e sutil… Que tal uma interna, como está aí? Rá, super criativa.

3499295278_2c47997d3d

Anyway, sou fã de tatuados e tatuadas. de bom gosto, sure. o/

Anúncios

Marcado:, , , ,

§ 8 Respostas para tatuagem?

  • Carola disse:

    Concordo, as tatuagens representam não só sentimentos transfigurados em imagens como inconsequências da vida….Mas penso seriamente nas rugas e na velhice que me espera, aí paro e penso! A beleza das coisas não está nas formas, mas nas consequências das formas que a gente cria!!!

    Experimentar é bom!

    Bjus

  • concordo, Carola. tu é linda, tua tattoo mais ainda.
    tô na fase do penso um ano antes: escolhendo a jóia que mais combina comigo. :)

  • Bianca disse:

    Pra mim, tatuagem tem que ser algo profundo, que te toque pra valer. Por isso não curto desenhos e sim palavras. E palavras de verdade. Não é a toa que vou tatuar cinema no braço…ou perto das veias, porque é assim que eu sou.

  • Michele disse:

    Bom, Dani… Até concordo contigo, mas não me arrependo de nenhuma das minhas tatoos (e tô partindo pra terceira, já q devo homenagear a Clahra também), mesmo que fazê-las foi impensado ou impulsivo, porque elas são como cicatrizes do momento que eu vivia na época em que foram feitas. Quando eu ficar velha e enrugadinha, vou dizer aos meu netos… “tá vendo essa aqui? foi quando a vovó tava na faculdade, curtindo uma onda mística… ou essa, quando o Eduardo era o centro do meu universo…” Elas me ajudam a contar a minha história… Beijos… Apóio teu “um ano antes”, mas se tu quiser fazer… pensa nisso.. beijo prima…

  • […] demais resultado. Por vezes penso até em fazer definitivo, e voltam as questões todas sobre fazer ou não. Sem dilemas enquanto tiver meu Kit Chanel – presentão. […]

  • Guilherme disse:

    Eu curto muito tatuagem, mas pra mim tem que ter uma história + significado. As três que eu tenho tem a ver com paixões (tatto 1 – familia, 2 – rs + poker + brasil de pelotas e 3 – literatura e jogar no gol). Tu com essa pele branquinha de seda seria uma ótima “tela” pra um bom tatuador….

  • Felipe Neves disse:

    Rá!
    Fez esse post depois de domingo de tardezinha ? Eu pensei muito antes da minha. Acho essencial. Mas também acho que elas representam uma época, um momento.
    Eles se vão. E ela fica. Só que isso não é, necessariamente, motivo de arrependimento. Elas devem ter um simbolismo muito massa. Acho que essa é a regua principal para decisão. Se o simbolismo depois passa, é a ordem natural das coisas [claro que com certos bom censos, concertezamrnte].
    F.

  • nao! é um post de 20 de agosto de 2009! adorei os novos coments! bjs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento tatuagem? no Retalhos.

Meta

%d blogueiros gostam disto: