retalhos da semana

outubro 13, 2010 § 1 comentário

[1.] Poderia listar aqui 75 histórias (como na promoção do Zaffari), imprevistos, coisas boas e coisas ruins que têm me acontecido, ou que me aconteceram essa semana. Mas nem todas são interessantes, tampouco pra vocês. Porém algumas delas, vou ressaltar.
A começar pela delícia de feriado pós Defesa da qualificação da Tese de Doutorado. Sim, eu gosto de feriados… adoro quando tem uma folga, já que minha vida de viagens semanais não é tão fácil.
.
.
[2.] Fui convidada há umas duas semanas para escrever um artigo sobre “O impacto das mídias sociais na sociedade moderna”, para ser publicado no encarte das Lojas “Colombo Premium” [foto abaixo]
Embora eu tenha resumido este assunto no texto (publicado no post anterior), quero também comentar alguns aspectos das nossas experiências cotidianas mediadas por computador e outras tecnologias digitais.
Um dos slogans antigos da própria “Colombo” resume bem a época em que a gente vive: “A FELICIDADE MORA AQUI“.
.
O que quero dizer?
Que vivemos um momento que pode ser considerado positivo se soubermos utilizar a Internet, os blogs e as redes sociais, pois eles permitem que cada um de nós seja um “meios de comunicação”. Nesses espaços podemos expor nossas ideias, projetos, vivências, conquistar visibilidade e, de acordo com nosso “trabalho” e atuação, obter credibilidade.
O conteúdo (às vezes valioso) e o autor de um blog, por exemplo, pode ser formador de opinião e de preferência de grupos sociais significativos. Pode também gerar vontade de compra… Isso porque todos nós estamos sendo lidos ou ouvidos por nossos “contatos” (amigos, seguidores…). Não é preciso mais necessariamente viver nos grandes centros ou aparecer num grande veículo para ser (re)conhecido.
E aqui estou chamando a atenção para o fato de que hoje vivemos na “sociedade da reputação”, que não separa mais nossa vida pessoal da profissional. E importa ter consciência dessa exposição, que tanto pode levar à “felicidade” – novas relações profissionais e pessoais, até a uma ideia equivocada da nossa identidade. Este espaço de compartilhamento de ideias e os contatos feitos, no meu caso, me levaram ao convite para escrever em uma coluna sobre cibercultura (tb sou pesquisadora, faço Doutorado na PUC/RS), e até já ser reconhecida como blogueira.

.
.
[3.] Em setembro, participei do VI Colóquio de Moda, em São Paulo, onde apresentei o artigo “Jornalismo de moda no Brasil: da especialização aos blogs de moda”e além de ótimos contatos, acabei sendo entrevistada para a revista “Leia Moda, na onda do street-style. Acho graça e me divirto. A propósito, conhece o Cara de Paris

.
.
[4.] “estar perto não é físico“, do roteiro de “OS FAMOSOS E OS DUENDES DA MORTE”
Recomendo este filme. Uma co-proudução Brasil-França, com cenário gaúcho. Lindo e dolorido. #cibercultura

.
.
[5.]EU NO MEIO DAS GELADEIRAS E FOGÃO?
SERIA EU A CARA DA MULHER ALFA?
…. Achei engraçado!

Bom, escrever um artigo [CURTO] sobre um tema que costumo abordar nas minhas aulas de Cibercultura e Jornalismo [O Impacto das mídias sociais na vida moderna] não era a coisa mais complexa do mundo.
No entanto, se tratava de uma mídia nada convencional para mim [um ENCARTE PUBLICITÁRIO, chamado de “Tablóide com Ofertas”, mensal], cujo público é amplo e heterogêneo no conhecimento do assunto sugerido, mesmo sendo produtos diferenciados. Não podia usar uma linguagem difícil, nem falar coisas óbvias para maioria. Até mesmo porque, segundo o contato do Depto de Marketing da Colombo, é uma tentativa deles de “dar uma humanizada no tablóide” (empresa já vem fazendo isso há alguns meses).
Estou reproduzindo a “coluna” NO POST ANTERIOR (Cultura digital e novos modos de estar juntos), aliás, minha última revisão do texto, que enviei ao pessoal da “Colombo“, e que, pelo jeito, não deu tempo de substituir. Nem quero discutir conceitualmente a temática proposta (que já são pano pra manga – “O que são mídias sociais? Moderno?). Enfim, a coluna que foi publicada (na foto) tem pequenos detalhes diferentes.

.
.
[6.] O blog Retalhos, este que você lê, não faz parte daqueles de milhares de visitas diárias, tampouco dezenas de comentários. Considero que ele faz parte da periferia da blogosfera no Brasil. Mesmo assim, aqui no Estado, eu recebo convites de eventos, lojas e ações de agências, que estão buscando atingir um determinado nicho de público.

Não sei especificamente quais os critérios deles na escolha do Retalhos, mas eles nunca me pediram números de acessos ou coisas do gênero. Sei que tenho um público cativo, mas o mais interessante é esta “confiança” depositada naquilo que eu poderia comentar e/ou divulgar sobre. Mesmo eu não tendo costume algum de divulgar nada: eventos, nem produtos, nem nada.
Claro que todo jornalista ou pessoa (que trabalha em veículo ou só possui um blog) adora ganhar presentes, mimos, brindes (QUEM NÃO GOSTA?), mas não me sinto de forma alguma obrigada a falar sobre.
.
.
[7.] O fato é que eu adorei a ação da @ciazaffari para divulgar a Promoção “UMA HISTÓRIA BEM FAMILIAR”. Promoção que eu quero participar, inclusive. Eles me enviaram esse kit fofo (da foto) com um cartão Presente do Bourbon/Zaffari pra eu viver uma história no Zaffari, escrever e poder concorrer aos 75 diamantes. Todas as informações estão no site: http://www.zaffari.com.br/75_anos/ | Vai até o dia 27 de outubro.

Anúncios

Marcado:, , , , , , , , , ,

§ Uma Resposta para retalhos da semana

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O que é isso?

Você está lendo no momento retalhos da semana no Retalhos.

Meta