Sartorialista

outubro 27, 2011 § 4 Comentários

Tive meus dias de sartorialista na Paris Fashion Week Prêt-à-Porter Verão 2012 (aqui fazendo menção ao mais conhecido blog de street-style The Sartorialist), porque ganhei uma câmera semi-profissional e uma lente 50mm. É o que ajuda muito para o nosso “olhar” ficar ainda mais bonito, mas ainda tenho que aprender quase tudo sobre fotografia manual.

Então depois de sete dias correndo de porta-em-porta de desfiles, lotados de fotógrafos (profissionais e amadores também), esses retratos (os que eu mais gostei) são, para mim, como retalhos de um mundo onde anônimos querem um pedacinho de visibilidade – a chance de serem notados. Sonham com o seu momento como “modelos”, como referência de estilo, como webcelebritie. No mínimo, são pessoas que não se importam com “flashes” e sabem encarar a lente de uma câmera (algo que minha timidez inibe). Um salve para elas!
Alors, meus fashion-retratos de Paris.


Cada um com seu modo de viver a moda. E tantos modos de ver. O que está na moda e para onde a moda vai? – me pergunto.
Os gurus de tendências talvez tenham pistas, mas a gente também pode arriscar – mesmo com essas fotos em plano mais fechado: looks simples, cores, e P&B também, chapéus, penas e plumas e pelos, acessórios marcantes e batom vermelho – está nas bocas. Batom vermelho!
Mais que pistas de moda, porém, a meu ver, essas coisas todas que eu falo e tento mostrar carregam uma fala e um dado importante: “queremos mostrar algo, precisamos (nos)mostrar, ou temos algo a mostrar”.
E é a roupa que é (e tem sido) o suporte para este grito.
!PONTO DE EXCLAMAÇÃO!
Né?

Je vous embrasse,
Dani @hinerasky.

Paris 26 gigapixels

abril 15, 2010 § Deixe um comentário

http://www.paris-26-gigapixels.com/index-en.html
Esse link dá a sensação de estarmos fazendo um passeio (virtual) em Paris, (a exemplo do GoogleEarth, mas com melhor resolução), num dia lindo de sol.
Os idealizadores do projeto – “Paris 26 Gigapixels” -, responsáveis pelas 2346 fotos da capital reunidas em uma só imagem por um programa de computador garantem que é a maior foto do mundo: uma panorâmica em 220º, com 26 bilhões de pixels (ocuparia dois estádios de futebol caso fosse impressa, tão boa a resolução).

O mais bacana é que dá pra aproximar bem a imagem em 20 pontos turísticos importantes de Paris (da Torre Eiffel ao Grand Palais, indo até a Sacré-Coeur), ao som da trilha sonora do filme “O Fabuloso Destino de Amélie Poulain” (Yann Tiersen) – clichê para alguns, mas pra mim é como flutuar por lá mesmo.
Além das informações sobre história e arquitetura, se a gente clicar sobre os locais, dá pra ver as placas nas ruas, o que tem nas vitrines, detalhes das pessoas e suas roupas e outras brincadeiras que eles propõem.

mais infos aqui no blog do projeto.

über indico. bisous!

pra brincar de Amélie Poulain

setembro 20, 2009 § 4 Comentários

laphotocabine

http://www.laphotocabine.com

perfeito pra quem tem webcam.

sou Ana Claudia

este link eu recebi agora há pouco da minha primeira profe de français, Vera Mello. E ela disse: “este site foi inventado pra ti. hahah

– D’accord, Vera!
La vie devrait être comme le souhaitait Amélie Poulain.
C’est mon avis.

:***

Traseiros como protagonistas

setembro 5, 2007 § 1 comentário


No Brasil, bunda de mulher sempre foi cultuada, especialmente pelos homens.
E mulheres, principalmente, (se bem que os homens cada vez mais) fazem o máximo pra evitar a inevitável lei da gravidade.
Parece que agora, além de fetiche nacional, bunda também é objeto artístico, segundo consta na manchete do espanho El País, ao apresentar a exposição Ocultos, da Fundación Canal, em Madri, que vai ser inaugurada no próximo dia 02 de outubro.
Vão ser expostos 70 retratos do corpo humano “visto por detrás” e através da lente de prestigiosos fotógrafos, como Cartier-Bresson, Man Ray, Mapplethorpe, Rafael Navarro, Isabel Muñoz (e o melhor é que a exposição vai virar livro).
Segundo a matéria do jornal, a mostra convida o espectador a descobrir “culos hermosos y rotundos, captados de forma sugerente, humorística, costumbrista, documental, intimista...”

Os traseiros como protagonistas. Como arte.
Parece ser una mirada interessante, moderna. Otra perspectiva.
Ahora es aguardar para ver.

web: http://www.fundacioncanal.com/

E-mail: info@fundacioncanal.es
Horario: L,M,J,V,S,D, de 11 a 20 h.

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com fotografia em Retalhos.